Dia de Campo de Inverno reúne cooperados de todas as unidades


24/10/2023

Evento contou com mais de 30 expositores e cerca de mil visitantes


Nos dias 27 e 28 de setembro, a Coopertradição movimentou seus cooperados com mais uma edição do Dia de Campo, desta vez com foco nas culturas de inverno. Nesta edição, o evento técnico registrou mais de 30 empresas parceiras expondo e mais de mil visitantes, entre cooperados, clientes, parceiros e estudantes.

Sendo o trigo a principal cultura trabalhada no encontro com os produtores rurais, o Dia de Campo recebeu palestrantes renomados no setor e especialistas no mercado de grãos, em especial de trigo.

Neste ano, conforme aponta Gelson Corrêa, vice-presidente da Coopertradição e diretor comercial, responsável pela Sementes Coopertradição, foram apresentadas 36 novas cultivares de trigo aos visitantes, além de outras culturas. Para ele, a intenção de eventos como o Dia de Campo é transferir tecnologias e soluções para todo o quadro social.

“Esses eventos são muito importantes porque é aqui que os produtores têm realmente acesso às melhores tecnologias, soluções e cultivares. Isso, direta e indiretamente, beneficia toda cadeia em que estamos envolvidos junto com nossos cooperados.”

O vice-presidente comentou ainda sobre a importância da cultura de trigo para a cooperativa. Segundo ele, com a ampliação do moinho em Itapejara d’Oeste, a cooperativa poderá receber todo trigo produzido pelos cooperados.

Para Weslei Adriano Schaeffer, cooperado de Palma Sola(SC), que trabalha em campo com seu pai, o Dia de Campo proporcionou muitas ideias para implementar na propriedade. “O bom de participar desses encontros é que podemos nos encontrar com fornecedores e, junto com nosso agrônomo, entender quais as melhores soluções para nossa realidade. Hoje, saio daqui cheio de expectativas para a próxima safra e de ensinamentos para compartilhar com meu pai.”

Cronograma do evento

No primeiro dia (27/09), Flávio Martins, patologista da Biotrigo, falou com os cooperados sobre a giberela, uma das principais doenças na cultura do trigo. Em sua fala, foram apresentadas informações sobre como a doença se desenvolve e quais as melhores estratégias de manejo. “Precisamos ficar bastante atentos à giberela porque o fungo que causa a doença também produz uma micotoxina que traz danos tanto para a saúde animal quanto humana”, pontuou.

Ainda no primeiro dia, Leandro Souza, consultor da Stonex, falou sobre o mercado de trigo, apresentando as principais perspectivas e cenários para a cultura na próxima safra. Diante de sua fala, Leandro ressaltou a importância de ter os custos na palma da mão. “Eu acredito que o produtor tendo custo na mão e colocando aí alguns alvos, ou seja, desde já não deixar tudo para depois, vai ser um bom processo de precificação desse produto que vai ser colhido.”

No segundo dia (28/09), além de uma nova fala do Leandro, Helena Guitler palestrou sobre a arte de sorrir. Com o tema “Ative seu poder através do sorriso”, a palestrante promoveu momentos de interação entre as cooperadas e de relaxamento, com a aplicação de uma prática de meditação.

Helena comentou que sorrir mudou sua vida e explicou o motivo da palestra. “Sorrir é essência, é germinar algo que pode transbordar para o mundo e para todos, e isso está relacionado com o agronegócio e também com as mulheres. Afinal, por que não sorrir? Por que não se abrir para o novo?”, questionou.

Mulheres no Dia de Campo

Assim como em outras edições, o Dia de Campo de Inverno contou com uma programação voltada às cooperadas. Além da palestra, a cooperativa criou, pela primeira vez, um espaço para as mulheres conhecerem as ações voltadas ao público feminino.

Na opinião de Suzan Borille Fabris, cooperada em Palmas(PR), encontrar um espaço confortável e pronto para recepcioná-la juntamente com sua família, foi surpreendente.

“Eu achei muito legal porque mostra o quanto a cooperativa quer incluir as mulheres nas suas ações, o que é muito importante porque a gente faz parte do agro também, assim como nossos pais, filhos e esposos.”

Segundo a diretora de governança da Coopertradição, Mareli Linck Neitzke, o Dia de Campo é um momento para as cooperadas adquirirem conhecimentos técnicos essenciais para os momentos de tomada de decisão na propriedade.

Ela comentou também sobre a palestra voltada ao público. “Foi uma palestra motivacional que enfatizou a questão do sorriso, do porque temos que sorrir mais. Afinal, estarmos aqui hoje é um motivo pra estarmos sorrindo.”

Após a edição do Dia de Campo de Inverno, a Coopertradição reúne esforços para planejar e organizar o próximo evento, com foco nas culturas de verão, em especial a soja. O Dia de Campo de Verão já tem data marcada: 27 e 28 de fevereiro de 2024.




Coopertradição
Via do Conhecimento, 1911 km 02
Pato Branco - PR
CEP: 85.503-390
Desenvolvido por BRSIS
Uma nova versão de nossa Política de Privacidade está disponível em nossa página de Termos de uso, Lei 13.709/18.