Inteligência emocional é tema de treinamento na Coopertradição


21/05/2024


A Coopertradição, sempre investindo no desenvolvimento profissional de seus colaboradores, realizou, nos dias 16 e 17 de maio, um treinamento sobre inteligência emocional para os assistentes e analistas.

O treinamento focou no aprimoramento de habilidades técnicas e no desenvolvimento de competências emocionais, também conhecidas como soft skills, essenciais no ambiente de trabalho contemporâneo.

Lorena Vedovato de Almeida, psicóloga na MS Desenvolvimento, foi quem ministrou o conteúdo. Ela trabalhou com três pilares fundamentais: sensibilização, reflexão e prática.



“Esses pilares nos acompanharam ao longo do treinamento para garantir que os colaboradores desenvolvessem insights significativos sobre suas próprias emoções e aprendessem a aplicá-los na prática. Nosso objetivo é que cada participante consiga aprimorar sua inteligência emocional, uma competência crucial para o mercado atual”, afirmou Lorena.

Aprimorar competências emocionais é um diferencial que facilita a gestão de pessoas no ambiente corporativo. Contudo, o processo de desenvolvimento da inteligência emocional demanda dedicação.

De acordo com Lorena, inteligência emocional consiste na capacidade de entender e gerenciar as próprias emoções, buscando um equilíbrio entre emoções positivas e negativas. “A inteligência emocional não ignora as emoções negativas; ao contrário, reconhece que elas fazem parte do dia a dia. A chave é equilibrar essas emoções e entender como elas impactam nosso comportamento”, disse ela.

Para desenvolver essa habilidade, a psicóloga enfatizou a importância da busca por conhecimento através de cursos e livros, e da prática constante. “Assim como aprendemos matemática com a prática, a inteligência emocional também requer exercício constante. É um processo de autoconhecimento e de como externar nossas emoções de maneira equilibrada”, concluiu.



Irineo Mumbelli, coordenador do SESMT da Coopertradição, participou do treinamento junto com a sua equipe. Para ele, a inteligência emocional está diretamente ligada às atividades que seu setor desenvolve.

“A nossa função exige que tenhamos uma boa compreensão emocional para abordar os colaboradores de maneira eficaz e segura. Precisamos transmitir a importância do uso de EPI, por exemplo, de uma forma que os colaboradores compreendam e aceitem, sem gerar conflitos”, informou Irineo.

Ao realizar o treinamento sobre inteligência emocional, a Coopertradição reforça o compromisso com o bem-estar e o desenvolvimento integral dos seus colaboradores. Promover um ambiente colaborativo e saudável e contribuir para a sustentabilidade são valores fundamentais para a Coopertradição.

Coopertradição
Via do Conhecimento, 1911 km 02
Pato Branco - PR
CEP: 85.503-390
Desenvolvido por BRSIS
Uma nova versão de nossa Política de Privacidade está disponível em nossa página de Termos de uso, Lei 13.709/18.