Agricultura apresenta proposta de fusão de empresas vinculadas


29/04/2019

(24/04/2019)
Fonte: Agência de Notícias do Paraná (site IAPAR)

A Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento apresentou a representantes de sindicatos e entidades do setor a proposta de fusão de suas empresas vinculadas. A reunião realizada nesta segunda-feira (22), em Curitiba, faz parte de uma série de encontros promovidos pela pasta para discutir a proposta de reestruturação e ouvir sugestões do setor.

O diretor-geral da secretaria, Rubens Niederheitmann, e o diretor-presidente da Emater, Natalino Avance de Souza, falaram sobre o projeto de fusão do Instituto Paranaense de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), Instituto Agronômico do Paraná (Iapar), Companhia de Desenvolvimento Agropecuário do Paraná (Codapar) e Centro Paranaense de Referência em Agroecologia (CPRA), que devem dar origem ao Instituto Paranaense de Desenvolvimento Rural.

De acordo com Niederheitman, a proposta visa a racionalização dos recursos, tanto humanos, financeiros e de infraestrutura. “Entretanto, mais do que a redução de custos, a maior preocupação é com o desenvolvimento rural, onde são importantes tanto a pesquisa, quanto a extensão, o fomento e a agroecologia”, afirmou.

Para Ivo Petry Sobrinho, coordenador-geral do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Serviços Contábeis, Assessoramento, Perícias, Informações, Pesquisas, e em Empresas Prestadoras de Serviços do Estado do Paraná (Sindaspp), o projeto deve fortalecer a agricultura paranaense. “Nós acompanhamos de perto esse processo e demos sugestões. Entendemos que a ideia é ter uma estrutura para desenvolver melhor o trabalho da secretaria, fortalecer e melhorar os serviços. Nossa expectativa é de agilidade para que o avanço seja rápido”, disse.

EFICIÊNCIA – Segundo o diretor-presidente da Emater, Natalino Avance de Souza, o projeto de fusão representa uma nova lógica de gestão que deve beneficiar principalmente a agricultura familiar. “Desejamos uma instituição mais ágil e eficiente, com melhor qualidade de entrega de resultados para o público. Isso é modernização”, destacou.

Ele acrescentou que a criação dessas instituições foi fundamental para tornar o Paraná uma grande potência da agricultura brasileira. “Mas é necessário reestruturá-las para potencializar as pesquisas e promover a participação da sociedade civil”.

ENCONTROS - A primeira apresentação externa sobre a proposta de fusão aconteceu durante a ExpoLondrina para Sociedade Rural do Paraná. Para os próximos dias estão previstas reuniões com os servidores do Sistema Estadual da Agricultura (Seagri), Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores Familiares do Estado do Paraná (Fetaep), Federação da Agricultura do Estado do Paraná (Faep) e Organização das Cooperativas do Paraná (Ocepar), entre outras.

PARTICIPAÇÃO - Estiveram presentes na reunião em Curitiba representantes do Sindicato dos Técnicos Agrícolas de Nível Médio do Estado do Paraná (Sintag/Sintea-PR); Sindicato dos Engenheiros (Senge/PR); Sindicato dos Médicos Veterinários (Sindivet); Sindicato Estadual dos Servidores Públicos da Agricultura, Meio Ambiente, Fundepar e Afins (Sindiseab); Sindicato dos Servidores Públicos Estaduais na Área de Pesquisas Agrícolas e Agropecuárias do Estado do Paraná (Sindpar); Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Serviços Contábeis, Assessoramento, Perícias, Informações, Pesquisas, e em Empresas Prestadoras de Serviços do Estado do Paraná (Sindaspp); Associação dos Técnicos Agrícolas do Estado do Paraná (Ataepar) e Associação dos Funcionários da Emater.

Link para a notícia original: http://www.iapar.br/2019/04/2492/Agricultura-apresenta-proposta-de-fusao-de-empresas-vinculadas.html

Via do Conhecimento, 1911 km 02
Pato Branco - PR
(46) 3220-2000 / (46) 3122-8000
coopertradicao@coopertradicao.com.br
Desenvolvido por BRSIS