Covid-19: Coopertradição ajuda municípios de sua região de atuação com doações


29/04/2021

A Covid-19 chegou há mais de um ano em nosso país alastrando-se rapidamente e colocando em xeque nosso sistema de saúde. Um ano de altos e baixos, que trouxe uma nova esperança com a chegada da vacina, mesmo que os cuidados como lavar bem as mãos com água e sabão, usar álcool 70%, usar máscara e manter o distanciamento social ainda sejam as principais armas que temos para combater o vírus.

Nesse cenário de incertezas, o início de 2021 foi marcado por uma forte onda de novos casos, que afetou muito nosso o país e nossa região. O aumento significativo dos casos acabou superlotando as enfermarias e os leitos de UTI de todos os hospitais de Pato Branco e dos municípios vizinhos.

A Coopertradição, que, desde o início da pandemia, já vinha realizando diversas ações internas na luta contra a Covid-19, como o uso obrigatório de máscara dentro das dependências da cooperativa, álcool em gel em todos os ambientes, inclusive em veículos, sanitização dos espaços, cartazes informativos e campanhas voltadas para as mídias sócias, diante de toda essa situação, solidarizou-se na luta contra o novo coronavírus e contribuiu ajudando vários municípios situados em sua região de atuação.

Clevelândia

Um dos municípios do Sudoeste do Paraná que mais sofreu com a segunda onda da Covid-19 foi Clevelândia, onde a Coopertradição possui uma Unidade de Recebimento de Grãos e também onde está situada a Indústria de Soja arrendada pela cooperativa. Com o intuito de contribuir com o tratamento dos munícipes, a cooperativa fez a doação de 40 mil reais à secretaria de saúde do município e, em um segundo momento, doou mais 15 mil reais à Associação Pró-Saúde de Clevelândia, estes arrecadados em uma campanha interna realizada com cooperados. Além do valor em dinheiro, no último dia 14 de abril, também foram doados dois capacetes Elmos, entregues diretamente à secretaria de saúde do município pelo gerente da filial de Clevelândia, Marcelo Schirmann, e pelo coordenador de SESMT, Douglas Linaterviski.

O Elmo é um capacete de respiração assistida, criado em 2020 no estado do Ceará. O equipamento não-invasivo surgiu como um novo passo para o tratamento de pacientes com insuficiência respiratória aguda hipoxêmica por Covid-19. Ele envolve toda a cabeça do paciente e é fixado no pescoço com uma base que veda a passagem do ar. Um fluxo de gases medicinais com oxigênio e ar comprimido é aplicado, capaz de gerar uma pressão positiva, a qual ajuda em casos onde o pulmão está com dificuldade de oxigenação.

Quem recebeu a doação foi a secretária de saúde do município, Juliana Pacheco Linhares, que comentou sobre a importância da doação para a população clevelandense. “Este equipamento vem para contribuir, pois estamos vivendo um momento de incertezas, não sabemos o que os próximos dias nos prometem. Em nosso município, nós temos apenas quatro capacetes, que também recebemos de doação, e começaremos a usá-los a partir de hoje. Esse equipamento nos ajudará a manter o paciente no município”.

Palmas

O munícipio de Palmas também recebeu a doação de uma unidade do capacete Elmo. A entrega foi feita pelo gerente do entreposto, Osmar Miglioranza, que, juntamente do gerente de RH, Renato Tumelero, e do coordenador de SESMT da cooperativa, Douglas Linaterviski, doou o equipamento diretamente ao vice-prefeito de Palmas, Bruno Goldoni. O mesmo comentou, em entrevista publicada pela assessoria de comunicação do município, que a doação do capacete Elmo é uma atitude muito nobre nesse momento em que estamos passando. “Nós ficamos muito felizes com a atitude da Coopertradição em fazer essa doação ao nosso município, pois é uma luz no fim do túnel e mais uma esperança para as pessoas que necessitam de uma intervenção médica. Fica aqui nosso agradecimento à cooperativa, em nome da secretaria municipal de saúde de Palmas e também em nome do Prefeito, Dr. Kosmos”. O vice-prefeito ainda ressaltou que a atitude, além de salvar vidas, é um gesto de bondade.

Pato Branco

Já para Pato Branco, a Coopertradição doou 680 testes rápidos (antígeno) para exames de detecção da Covid-19. O prefeito Robson Cantu e a secretária de Saúde do município, Lilian Brandalise, receberam os testes doados pela cooperativa, no ato representada pelo diretor administrativo Luciano Fiel e pela analista de comunicação, Bárbara Stefanello.

Na ocasião, Cantu agradeceu a doação feita pela cooperativa. “Quero agradecer a atenção que as empresas vêm dando no enfrentamento à Covid-19 em Pato Branco. É um momento de ter empatia. Em nome da comunidade pato-branquense, quero agradecer à Coopertradição pela doação.”

Já a secretária Lilian reforçou a importância dos testes, principalmente por trazer um resultado mais rápido aos pacientes, tento em vista que o teste PCR demora um pouco mais para se obter o resultado. “Com resultados mais rápidos, teremos um melhor monitoramento dos pacientes. Agradecemos à Coopertradição.”


Via do Conhecimento, 1911 km 02
Pato Branco - PR
CEP: 85.503-390
Desenvolvido por BRSIS
Uma nova versão de nossa Polticas de Privacidade está disponvel em nossa página de Termos de uso,
Políticas de Privacidade e Lei 13.709/18.